Dia Mundial sem Tabaco

Dia Mundial sem Tabaco. Hoje, 31 de maio, é a data escolhida pela Organização Mundial da Saúde para combater o tabagismo. Além de várias outras substâncias tóxicas, o cigarro contém nicotina, e esta porcaria estimula no organismo do fumante a produção de serotonina e dopamina. Estas duas, por sua vez, dão uma agradável sensação de prazer e deixam o indivíduo mais alerta.

Acontece que essas sensações agradáveis acabam poucos minutos após as tragadas, e com isso, obrigam o tabagista a fumar mais e mais. O corpo passa a “pedir” nicotina, e em níveis progressivamente maiores.

Estudos e estatísticas recentes indicam que o cigarro mata mais de 5 milhões de pessoas por ano no mundo, 200 mil só no Brasil. São números bastante expressivos, que deveriam estimular as pessoas a parar de fumar. Mas a porcentagem dos fumantes que conseguem largar o vício expontâneamente é muito baixa, em torno de 3 a 5%. A maioria precisa de incentivo, apoio, tratamento médico, entre outros recursos.

É importante, inclusive, que o indivíduo fumante faça uma consulta com um médico pneumologista, para ser orientado pelo profissional, e acima de tudo, para tomar um puxão de orelha mesmo! Com um doutor falando na sua cara que o cigarro mata, que você poderá morrer de câncer no pulmão, enfisema, infarto, entre muitas outras doenças, fica mais fácil parar de fumar cigarro e levar uma vida sem esse hábito totalmente dispensável.

Outro fato a ser levado em conta, é que o fumante passivo também está sujeito a esses males. O fumante se auto-prejudica, ao mesmo tempo em que prejudica as pessoas próximas, que são obrigadas a conviver com a fumaça.

Espero que fique fácil parar de fumar após você ter lido esse artigo.